Número de transações no Setor dos Serviços e Distribuição cresce 21% em 2016

TTR-Deal-Tracker

TTR Deal Tracker
www.TTRecord.com

PORTUGAL

 O TTR Deal Tracker Portugal é um e-mail mensal que contém tendências do mercado transacional português, além de incluir um ranking  Year to Date (YTD) dos principais assessores financeiros e jurídicos.


PORTUGAL: Número de transações no Setor dos Serviços e Distribuição cresce 21% em 2016

O número de transações envolvendo empresas que atuam no segmento de construção apresentou um aumento de 112% de janeiro a novembro de 2016, se comparado ao mesmo período de 2015, de acordo com os dados TTR (www.TTRecord.com).

Quanto ao total de transações cross-border no setor, foram registradas oito aquisições de empresas brasileiras por parte de estrangeiras (YTD), enquanto em 2015 somaram-se cinco. A maior transação deste tipo em 2016 foi a aquisição de 50% da brasileira Companhia Industrial de Cimentos Apodi pela grega TITAN Cement Group, por R$ 328 milhões.

Houve ainda um aumento no número de acordos relacionados à compra de ativos e a formação de joint ventures.

Rankings / League Tables

Brasil Ranking – 2016

Assessoria Financeira – 2016
Por valor total das transações

O ranking TTR em termos do valor total das transações de 2016 é liderado pelo estadunidense Citigroup Global Markets, que conquistou a posição com um valor total inferior ao último colocado de 2015. O Haitong Securities, que estava em primeiro lugar no ano passado, ficou com a segunda colocação após a redução de 91%. Na sequência, o Millennium BCP saltou de décimo para terceiro lugar, mesmo com 65% de decréscimo em relação ao período anterior.

A Caixa BI, que havia conquistado a sexta posição em 2015, desta vez ficou em quarto lugar com redução de 90% no valor total de transações. Em quinto lugar está o espanhol Santander Global Corporate Banking España, que desempata com a Caixa BI em número de transações. Os sexto e sétimo colocados, HSBC e Lazard, não figuravam no ranking anterior e, em 2016, empataram em valor e número de transações.

Em oitavo lugar está o Banco Santander, que também não esteve entre as dez assessorias financeiras de 2015. Na nona e décima posição estão os portugueses Santander Totta e Barclays, que empataram nos dois rankings.

Assessoria Financeira – 2016
Por número total de transações

O ranking TTR por número total de transações apresenta números predominantemente superiores ao ano 2015. O líder Haitong Securities manteve a posição conquistada e ainda apresentou um crescimento de 33%. O segundo colocado, Clearwater International, registrou o maior salto do período e passou de não listado em 2015 ao segundo lugar em 2016. A Tradinveste também não esteve na tabela anterior e conquistou a terceira colocação com 600% de crescimento.

O Millennium BCP manteve a quarta posição com 33% de aumento de um ano ao outro e desempata com o Banco BPI em valor de transações. A primeira redução do ranking é da Caixa BI, que apresentou um número 67% inferior e desceu da segunda para a sexta colocação. Com o mesmo número de negócios, os bancos Santander e o francês BNP Paribas não estavam na tabela do ano anterior e desempatam em valor.

O nono lugar é da assessoria financeira espanhola Alantra, que também não figurava em 2015, assim como o Citigroup Global Markets, que fecha o ranking na décima posição, com uma única transação que lhe garantiu o primeiro lugar em valor.

Assessoria Jurídica – 2016
Por valor total das transações

O ranking TTR por valor total das transações é liderado pelo Cruatrecasas, que mesmo com a redução de 75%, manteve a posição do ano anterior. Em segundo lugar está Uría Menéndez – Proença de Carvalho, assim como em 2015, desta vez com redução de 79% em valor. Campos Ferreira, Sá Carneiro & Associados fecha o pódio com um salto de oitavo para terceiro colocado com uma pequena diferença de valor de um ano para o outro.

O maior crescimento do período é registrado pelo escritório Morais Leitão, Galvão Teles, Soares da Silva & Associados que passa a figurar na tabela após aumento de 488%. PLMJ também apresentou valores positivos em relação ao ano passado e cresceu 27%. Garrigues desceu uma posição na tabela e decresceu 89%.

CCA-Ontier, Cuatrecasas Brasil e Cardigos Advogados não estavam no ranking do ano passado e destacam-se entre os dez classificados com apenas uma transação. De sexto ao décimo lugar, Linklaters apresentou uma redução de 92% em relação ao ano anterior.

Assessoria Jurídica – 2016
Por número total de transações

O ranking por número total de transações, ao contrário do que foi observado entre as assessorias financeiras, apresenta números predominantemente inferiores ao ano 2015. O líder Uría Menéndez – Proença de Carvalho fechou o ano com redução de 7%. O pódio é também de Cuatrecasas, que empata com o terceiro colocado Garrigues, com 15% e 19% de redução, respetivamente.

Morais Leitão, Galvão Teles, Soares da Silva & Associados é o quarto colocado com 33% de crescimento em 2016. Na sequência, com o mesmo volume, está o escritório PLMJ, que havia sido o líder em 2015, apresentou decréscimo de 57% e desceu quatro posições.  Campos Ferreira, Sá Carneiro & Associados apresentou um aumento de 25%. Linklaters classificou-se duas posições acima, com o mesmo número de transações e volume inferior.

ABBC e CMS Rui Pena & Arnaut não estavam na tabela do ano anterior e ambos se classificaram com um aumento de 50%. Fecha o ranking o escritório com maior crescimento do período, Telles de Abreu Advogados, que se destacou com 200%.


* Os Rankings TTR deste report são elaborados com transações anunciadas e/ou concluídas em 2016 Year to date. Estão incluídas transações de investimento e desinvestimento de Private Equity / Venture Capital, compra/venda de ativos e formação de Joint Ventures. Em todos os rankings são considerados apenas deals onde alguma empresa do respectivo país tenha sido target na transação.

Em caso de empate o critério de desempate é: empate por número de transações, se desempata com o valor total; empate por valor total, se desempata por número de transações. E quando exista um empate em número e valor, será mantida a mesma posição e a ordem será alfabética.

* * Leva-se em conta o mesmo período do ano (do começo de janeiro ao fim de dezembro) de 2015 para fazer as comparações dispostas acima.
ND: Não divulgado

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *