Mercado de fusões e aquisições brasileiro está desacelerado

São Paulo, 12 de setembro de 2016 – Ao longo deste ano o mercado de fusões e aquisições brasileiro registrou um total de 605 transações, volume 7% menor do que o registrado no mesmo período de 2015 segundo o Relatório Mensal Brasil elaborado pelo TTR (www.TTRecord.com) em colaboração com a Merrill CorporationTozziniFreire Advogados. Do total de transações 256 tiveram seu valor divulgado, cujo valor total foi de R$ 167,5bi, bem acima do que foi registrado no mesmo período do ano anterior.

O mês de agosto registrou um total de 66 transações, número que rompe a tendencia de crescimento que iniciou no mês junho.

1

2

Subsetores mais ativos

Os subsetores mais ativos do mercado brasileiro ao longo de 2016 (janeiro a agosto) são: Tecnologia (122 transações); Internet (83 transações); Financeiro e Seguros (71 transações) e Distribuição e Varejo (52 transações), respectivamente.

Em relação ao mesmo período do ano passado o subsetor de Tecnologia registrou um aumento de 31%, Internet sofreu uma redução de 15%, Financeiro e Seguros registrou um aumento de 18%, e Distribuição e Varejo registrou um aumento de 6%.

 Aquisições realizadas por empresas estrangeiras no Brasil (Inbound)

Em relação as aquisições realizadas por empresas estrangeiras no Brasil (transações Inbound), o mercado brasileiro registrou uma redução de 20,31% (entre janeiro e agosto de 2016 frente ao mesmo período do ano passado) no número de operações realizar por empresas norte-americanas, um dos maiores compradores estrangeiros de empresas brasileiras.

No acumulado do ano até agora os países que mais realizaram aquisições em território brasileiro foram os Estados Unidos (51 transações), seguido pelo Canadá (11 transações), Luxemburgo (9 transações), China (9 transações), França (8 transações) e Reino Unido (8 transações).

Os subsetores onde as empresas estrangeiras mais tem investido no Brasil são Tecnologia; Internet; Tansporte, Aviação e Logística; Financeiro e Seguros; Mineração; Consultoria, Auditoria e Engenharia; e Distribuição e Varejo, respectivamente.
3

Empresas brasileiras realizando aquisições no exterior (Outbound)

Em relação as aquisições realizadas por empresas brasileiras em empresas estrangeiras (Outbound), o Brasil realizou investimentos na Argentina (5 transações), Estados Unidos (3 transações), Colômbia (3 transações), Chile (2 transações), Paraguai (1 transação), Países Baixos (1 transação), Ilhas Caimão (1 transação), Omã (1 transação), Panamá (1 transação), Uruguai (1 transação), Espanha (1 transação), Israel (1 transação) e Reino Unido (1 transação).

Cabe destacar que as empresas brasileiras investiram principalmente no subsetor de Internet; Financeiro e Seguros; e Tecnologia, respectivamente.

Private Equity

Entre janeiro e agosto de 2016 foram registradas 57 transações envolvendo empresas de Private Equity no mercado brasileiro, sendo que 31 delas envolveram empresas estrangeiras. O número total de operações representa uma redução de 8,06% em relação ao mesmo período do ano passado.

Do total de 57 operações apenas 27 tiveram seu valor divulgado, movimentando o total de BRL 15,22bi. Esse volume movimentado representa um aumento de 70,65% em relação ao mesmo período do ano passado.

Cabe destacar que entre os subsetores de maior interesse das Private Equity estão Distribuição e Varejo; Tecnologia; e Financeiro e Seguros, respectivamente.

4

Venture Capital

No acumulado entre janeiro e agosto de 2016 já foram registradas 96 transações envolvendo empresas de Venture Capital no mercado brasileiro, sendo que apenas 32 delas envolveram empresas estrangeiras. O número total de operações registradas representa uma redução de 4,95% em relação ao mesmo período do ano passado.

Do total de 96 transações apenas 63 delas tiveram seu valor divulgado, movimentando o total de BRL 1,85bi. Esse volume movimentado representa um aumento de 88,35% em relação ao mesmo período do ano passado.

Os subsetores de maior interesse das Venture Capital no acumulado do ano até agora são: Internet; Tecnologia; e Distribuição e Varejo, respectivamente.

5


As Maiores Transações do mês de agosto de 2016 (Anunciadas e Concluídas)

6
Transação destacada do mès
A transação destacada do mês de agosto de 2016 é compra de 23,7% da Azul Linhas Aéreas pela HNA Group. O valor da operação foi de BRL 1,43bi. Participaram como assessores jurídicos os escritórios Pinheiro Neto Advogados, Shearman & Sterling, Sidley Austin, e TozziniFreire Advogados.

7

Para mais informações:

Wagner Marques Rodrigues
Research and Business Intelligence Director

TTR – Transactional Track Record
www.TTRecord.com
wagner.rodrigues@TTRrecord.com

T (PT):  +351  9135 77278 

MADRID | SÃO PAULO | LISBOA

 

Fusões e Aquisições mantém nível de atividade apesar das incertezas políticas e econômicas

Relatorio Mensal Brasil 

  • No mês de outubro de 2015 foram registradas 86 transações, entre anunciadas e concluídas e incluindo ativos, que movimentaram aproximadamente BRL 23,09bi
  • O Brasil registrou 811 transações entre janeiro e outubro de 2015

São Paulo, 10 de novembro de 2015 – No mês de outubro de 2015 o mercado transacional brasileiro registrou 86 transações que movimentaram aproximadamente BRL 23,09bi, entre anunciadas e concluídas, incluindo ativos e tendo em conta as transações com valor divulgado, segundo o Relatório Mensal Brasil do TTR (www.TTRecord.com).

No acumulado do ano até agora foram registradas 811 transações que movimentaram aproximadamente BRL 201,73bi. O valor movimentado entre janeiro e outubro de 2015 já superou o valor movimentado entre janeiro e dezembro de 2014, isto é, BRL 158,08bi.

Neste mês cabe destacar também que houve um crescimento no número de transações de ativos em função da quantidade de concessões de ativos realizadas pelo Governo Federal brasileiro.

Subsetores mais ativos

Internet e Tecnologia são os dois subsetores mais ativos no acumulado do ano até agora, respectivamente. Também se destacam os subsetores Distribuição e Varejo e Financeiro e Seguros como o terceiro e quarto mais ativos.

É interessante observar que comparação ao ano de 2014 os subsetores de Tecnologia; Internet e Financeiro e Seguros seguem atraindo investimentos, porém, o subsetor Imobiliário, o quarto subsetor por número de operações em 2014, não tem atraído tantos investimentos neste ano como no ano passado.

Aquisições feitas por empresas estrangeiras no Brasil

Entre janeiro e outubro de 2015, o país que mais realizou aquisições em território brasileiro foram os Estados Unidos, com 79 operações. O segundo país com maior interesse pelo mercado brasileiro é o Reino Unido com 20 transações no total, seguido pela França com 15 operações em total.

Cabe ressaltar que os subsetores que mais despertam interesse do investidor estrangeiro no Brasil são: Internet; Tecnologia; Marketing e Publicidade; Consultoria, Auditoria e Engenharia; e Transportes, Aviação e Logística.

O principal investidor estrangeiro do Brasil, os Estados Unidos, que somente neste mês realizou 4 aquisições em território brasileiro, tem investido principalmente nos seguintes subsetores: Internet; Tecnologia e Marketing e Publicidade.

Aquisições brasileiras no estrangeiro

Entre os países que mais despertaram o interesse das empresas brasileiras, entre janeiro e outubro de 2015, estão Colômbia (7 transações), Chile (5 transações), Estados Unidos (5 transações), Suíça (4 transações) e Espanha (3 transações).

É interessante observar que os três subsetores que atraíram mais investimentos brasileiros no estrangeiro foram: Indústria Alimentar; Distribuição e Varejo; e Financeiro e Seguros.

Número de transações na América Latina

Entre janeiro e outubro de 2015, os países que mais realizaram operações foram: Brasil (811 transações); México (255 transações), Colômbia (153 transações); Chile (148 transações); e Argentina (114 transações).

Private Equity

No mês de outubro de 2015 foram registradas 9 transações envolvendo Private Equity que movimentaram cerca BRL 1,49bi. Entre janeiro e outubro de 2015 já foram registradas 81 transações que movimentaram BRL 12,78bi, incluindo transações anunciadas e concluídas e Exits.

Cabe resaltar que em relação ao investimentos realizados por Private Equity os três subsetores que maior preferência foram Distribuição e Varejo; Financeiro e Seguros; e Tecnologia.

 Venture Capital

Entre janeiro e outubro de 2015 foram registradas 109 transações envolvendo Venture Capital que movimentaram BRL 851,51m. Somente no mês de outubro de 2015 foram registradas 10 transações que Venture Capital que movimentaram BRL 2m.

 Mercado de Capitais

No acumulado do ano até agora no mercado brasileiro foram registradas apenas duas conclusões de IPO e 14 conclusões de Follows On. As operações de IPO movimentaram aproximamente BRL 2,87bi, e já as transações de Follows On movimentaram cerca de BRL 2,67bi.

 Transação do mês

A transação destacada do mês de outubro de 2015 pelo TTR foi a Oferta Pública de Aquisição (OPA) da Souza Cruz realizada pela British American Tobacco (BAT). O valor da transação foi de BRL 9,32bi. Participaram como assessor jurídico do comprador desta transação o escritório Ulhôa Canto, Rezende e Guerra – Advogados. E participaram como assessores financeiros do comprador: Deutsche Bank, Banco Itaú BBA, Banco BTG Pactual e Banco Santander Brasil, e como assessor financeiro da Souza Cruz o Credit Suisse Brasil.

Marta Borges
Senior Analyst – Research and Business Intelligence

marta.borges@TTRecord.com

T (ES):  +34  91 279 87 59

TTR – Transactional Track Record

www.TTRecord.com