Mercado de Fusões e Aquisições tem queda de 6% no número de operações entre janeiro e maio de 2016

Mercado de Fusões e Aquisições tem queda de 6% no número de operações entre janeiro e maio de 2016

São Paulo, 13 de junho de 2016 – O mercado de fusões e aquisições brasileiro registrou uma caída de 6% no número de operações registradas até agora no ano de 2016, em relação ao mesmo período do ano de 2015. No total, entre janeiro e maio, foram realizadas 363 transações que movimentaram o total de BRL 58,17bi, segundo o Relatório Mensal Brasil elaborado pelo TTR (www.TTRecord.com) em colaboração com a Merrill Corporation.

No mês de maio também foi notada uma redução no número de transações, foram registradas somente 60 operações, o que representa uma redução de 5% em relação mesmo período do ano passado. Essas 60 transações movimentaram BRL 9,53bi.

1

Subsetores mais ativos

No mês de maio de 2016 os subsetores mais ativos do mercado brasileiro foram: Tecnologia (66 transações); Financeiro e Seguros (46 transações); Internet (40 transações) e Distribuição e Varejo (37 transações), respectivamente. Cabe destacar que o número de operações registradas entre janeiro e maio de 2016 é 27% maior no segmento de Tecnologia, 35% maior no segmento Financeiro e Seguros e 48% maior no segmento de Distribuição e Varejo em relação ao mesmo período de 2015.
2

Aquisições realizadas por empresas estrangeiras no Brasil (Inbound)

Em relação as aquisições realizadas por empresas estrangeiras no Brasil (transações Inbound), o mercado brasileiro também registrou uma redução no número de operações por empresas norte-americanas, um dos maiores compradores estrangeiros de empresas brasileiras. No acumulado do ano até agora já foram registradas 29 de transações, o que representa 27,50% de redução em relação ao mesmo período do ano de 2015.

Apesar desta redução do número de aquisições por parte das empresas norte-americanas, os Estados Unidos continua sendo o maior comprador estrangeiro, seguido por Luxemburgo (8 transações), Canadá (7 transações) e Alemanha (6 transações).

Empresas brasileira adquirindo empresas estrangeiras (Outbound)

 Em relação as aquisições realizadas por empresas brasileiras no exterior (Outbound), foram registradas até agora um total de 15 transações, sendo os destinos dos investimentos brasileiros: Argentina, Estados Unidos, Chile, Países Baixos, Ilhas Caimão, Omã, Panamá, Colômbia, e Reino Unido.

Cabe destacar que as empresas brasileiras investiram principalmente no subsetor de Tecnologia; e Internet, respectivamente.

Private Equity

No acumulado entre janeiro e maio de 2016 foram registradas 37 transações envolvendo empresas de Private Equity no mercado brasileiro, sendo que 19 delas envolveram empresas estrangeiras. Do total de 37 operações apenas 19 tiveram seu valor divulgado, movimentando o total de BRL 8,57bi. Esse volume movimentado representa um aumento de 14,64% em relação ao mesmo período do ano passado e o número de operações representa uma redução de 9,76% em relação ao mesmo período do ano passado.

Cabe destacar que entre os subsetores de maior interesse das Private Equity estão Farmacêutico, Parafarmácia e Cosmética; Mineração; e Imobiliário.

Venture Capital

No acumulado entre janeiro e maio de 2016 já foram registradas 47 transações envolvendo empresas de Venture Capital no mercado brasileiro, sendo que apenas 28 delas tiveram seu valor divulgado, movimentando o total de BRL 740,03m, e finalmente, do total de transações apenas 17 delas envolveram empresas estrangeiras.

Os subsetores de maior interesse das Venture Capital no acumulado do ano até agora são: Tecnologia; Internet; e Distribuição e Varejo, respectivamente.

As Maiores Transações do mês de maio de 2016 (Anunciadas e Concluídas)

3

América Latina

Entre janeiro e maio de 2016 considerando os principais países da América Latina cabe destacar que o México é o país que até agora mais realizou investimentos em países estrangeiros, isto é, um total de 27 operações, superando inclusive o Brasil, que realizou somente 15 operações. E que entre os principais países da América Latina, excluindo o Brasil, Chile é o país que mais tem atraído investimentos estrangeiros, 33 transações.

As Maiores Transações da América Latina no mês de abril de 2016 (Anunciadas e Concluídas)

4

Transação destacada do mês de maio de 2016

A transação destacada do mês de maio de 2016 é a OPA lançada na BR Properties pela GP Investments através da GP Real Properties. A operação movimentou um total de BRL 1,89bi.

Participou como assessor financeiro da operação o Banco BTG Pactual, como intermediário da operação o Banco Itaú BBA, e como assessores jurídicos Debevoise & Plimpton; Lefosse Advogados; Souza, Cescon, Barrieu & Flesch Advogados; Shearman & Sterling; e Trindade Sociedade de Advogados.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *