Mercado de Fusões e Aquisições cresce 67% no mês de agosto (Portugal)

  • Mercado de fusões e aquisições em Portugal regista um aumento de 67% no número de operações no mês de agosto de 2016

Lisboa, 12 de setembro de 2016 – O mercado de fusões e aquisições em Portugal registou um total de 172 transacções entre janeiro e agosto de 2016, este número total de transacções representa um aumento de 10% em relação ao mesmo período do ano passado. O volume total movimentado neste período foi de EUR 6,88bi, levando em conta que apenas 73 operações tiveram seu valor divulgado, segundo o Relatório Mensal Ibérico elaborado pelo TTR (www.TTRecord.com).

No mês de agosto de 2016 foram registradas 20 transacções, o que representa um amento de 67% em relação ao mês de agosto de 2015. Já em relação ao valor total movimentado tendo em conta apenas as operações com valor divulgado, EUR 631m, representa uma caída de 18% em relação ao mesmo período do ano passado.

1

Subsetores mais activos

No acumulado do ano (janeiro-agosto) os subsetores mais ativos do mercado luso foram: Financeiro e Seguros; Imobiliário; Tecnologia; e Saúde, Higiene e Estética, respectivamente.

Em relação ao mesmo período do ano passado o subsetor Financeiro e Seguros registou um aumento de 50%, Imobiliário sofreu uma redução de 4%, Tecnologia registou um aumento de 17%, e Saúde, Higiene e Estética registou um aumento de 33%.

2

Aquisições feitas por empresas estrangeiras em Portugal (Inbound)

Em relação as aquisições realizadas por empresas estrangeiras em Portugal (transacções Inbound) foram registadas 66 operações no acumulado do ano (janeiro-agosto) de 2016. Com destaque para a Espanha, o principal investidor estrangeiro, com 15 transacções que movimentaram EUR 2,47bi. O segundo maior investidor estrangeiro de Portugal é os Estados Unidos com 13 operações que movimentaram EUR 111,08m.

Cabe resaltar que o subsetor que mais tem atraído investimentos estrangeiros é do Tecnologia seguido pelo subsetor Financeiro e Seguros e Distribuição e Retalho, respectivamente.

Empresas portuguesas adquirindo empresas estrangeiras (Outbound)

Em relação as empresas portuguesas adquirindo participação em empresas estrangeiras foram registadas 2 aquisições na Espanha, e 1 aquisição na França, no Brasil, no Reino Unido, em Angola e na Alemanha.

Cabe destacar que elas investiram nos seguintes subsetores: Química e Materiais Químicos; Distribuição e Retalho; Vidro, Cerâmica, Papel, Plásticos e Madeiras; Marketing e Publicidade; Imobiliário; Tecnologia; Turismo, Hotelaria, Restaurantes; e Energia Eólica.

Private Equity

No acumulado do ano (janeiro-agosto) de 2016 foram registadas 18 transacções envolvendo empresas de Private Equity no mercado português, sendo que 11 operações envolveram empresas estrangeiras. Deste total de 18 transacções apenas 8 tiveram seu valor divulgado, movimentando um total de EUR 1,68bi.

O número total de operações envolvendo empresas de Private Equity entre janeiro e agosto de 2016 representa uma caída de 31,74% em relação ao mesmo período do ano passado apesar do volume total movimentado representar um auemnto de 572,93% em relação ao mesmo período de 2015.

Cabe destacar que os subsetores de maior interesse para as privates equities são Vidro, Cerâmica, Papel, Plásticos e Madeiras; Saúde, Higiene e Estética; e Energia Eólica, respectivamente.

Venture Capital

Entre janeiro e agosto de 2016 foram registadas 19 transacções envolvendo empresas de Venture Capital, o que representam uma redução de 26,92% em relação ao mesmo período do ano passado.

Do total de transacções registadas, apenas 14 transacções tiveram seu valor divulgado movimentaram um total de EUR 74,53m. Esse valor movimentado representa um aumento de 718,11% em relação ao mesmo período de 2015.

Cabe destacar que o subsetor de maior interesse é o de Tecnologia seguido por Internet e Eletrônica, respectivamente.

As Transacções Destacadas do mês de agosto de 2016 (Anunciadas e Concluídas)
3

Transacção destacada do mês de agosto de 2016

A transação destacada do mês de agosto de 2016 foi a venda de um edifício residencial em Lisboa por parte da MLA3 Properties para a Artilharia Um 33 Investimentos Imobiliários. O valor da operação foi de EUR 6,90m. Participou como assessor jurídico da operação a firma de advocacia Garrigues.

Entrevista: Rita Alarcão Júdice, sócia do PLMJ

A entrevistada do mês de agosto de 2016 do TTR é Rita Alarcão Júdice, sócia do PLMJ, que tem como área de prática Imobiliário de Construção. A entrevista abordou como temas: Mercado imobiliário & Fusões e aquisições em 2016 e Operação assessorada pelo PLMJ no setor imobiliário.
Para mais informações:

Wagner Marques Rodrigues
Research and Business Intelligence Director

TTR – Transactional Track Record
www.TTRecord.com
wagner.rodrigues@TTRrecord.com

T (PT):  +351  9135 77278 

MADRID | SÃO PAULO | LISBOA

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *