Fusões e aquisições no Brasil movimenta R$ 76,5bi no primeiro semestre do ano

São Paulo, 14 de Julho 2016 – Nos primeiros seis meses do ano o mercado de fusões e aquisições brasileiro registrou uma redução de 7% no número de transações registradas em relação ao mesmo
período do ano passado. Foram registradas 441 transações que movimentaram BRL 76,5bi tendo em conta as transações com valor divulgado, segundo o Relatório Trimestral Brasil elaborado pelo
TTR (www.TTRecord.com) em colaboração com a Merrill Corporation.

1

Somente no segundo trimestre foram registradas 201 transações, o menor volume dos últimos dez trimestres.

Subsetores mais ativos
No período de Janeiro a Junho de 2016 os subsetores mais ativos do mercado brasileiro foram: Tecnologia (78 transações); Financeiro e Seguros (34 transações); Internet (52 transações) e Distribuição e Varejo (44 transações), respectivamente. Cabe destacar, que nestes três primeiros seis do ano, foi registrado um aumento de 20% no número de operações no segmento de Tecnologia e 23% no segmento Financeiro e Seguros em relação ao mesmo período de 2015.

2
Aquisições feitas por empresas estrangeiras no Brasil (Inbound)
Em relação as aquisições realizadas por empresas estrangeiras no Brasil (transações Inbound), foram registradas até agora 99 transações, sendo que o maior comprador estrangeiro, os Estados Unidos, realizou 32 operações, que representa uma redução de 33% no número de transações registradas no mesmo período do ano passado. Entre os principais compradores estrangeiros, além dos Estados Unidos, estão: Luxemburgo (9 transações), Canadá (9 transações), Alemanha (6 transações), Espanha (6 transações) e França (5 transações). As empresas de tecnologia e internet são as que mais atraíram investimento estrangeiro.

3

Empresas brasileira adquirindo empresas estrangeiras (Outbound)
Em relação as aquisições realizadas por empresas brasileiras em empresas estrangeiras (Outbound), o Brasil realizou até agora em 2016 um total de 16 transações, sendo os destinos dos investimentos brasileiros: Argentina, Estados Unidos e Chile.

4
Private Equity
Nos primeiros 6 meses de 2016 foram registradas 44 transações envolvendo empresas de Private Equity no mercado brasileiro, sendo que 20 delas envolveram empresas estrangeiras. Do total de operações apenas 21 tiveram seu valor divulgado, movimentando o total de BRL 10,1bi. Esse volume movimentado representa um aumento de 16,93% em relação ao mesmo período do ano passado.

5
Venture Capital
Nos primeiros 6 meses de 2016 já foram registradas 62 transações envolvendo empresas de Venture Capital no mercado brasileiro, sendo que apenas 42 delas tiveram seu valor divulgado, movimentando o total de BRL 1,2bi. Do total de transações, 22 envolveram empresas estrangeiras. Os subsetores de maior interesse das Venture Capital neste período foram Tecnologia, Internet; e Distribuição e Varejo

6
Transação destacada do 1º Semestre de 2016
A transação destacada do 1º Semestre de 2016 é a aquisição pela General Atlantic, empresa de private-equity com sede em Nova Iorque, de 10% do capital social da brasileira XP Investimentos. O valor da operação foi de BRL 300m. Participaram como assessores jurídicos o escritório de advocacia Souza Cescon Advogados e o Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados.

Rankings do 1º Semestre de 2016
Nos primeiros seis meses do ano o banco Bradesco BBI lidera o ranking TTR de assessoria financeira em Fusões e Aquisições por número de transações. O ranking de assessoria jurídica é liderado pelo escritório Pinheiro Neto Advogados, tanto por número quanto por valor.

7

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *